Arquivo do mês: dezembro 2012

Amor de redenção

Um momento, preciso enxugar as lágrimas…

Redenção, segundo o dicionário Priberam da Língua Portuguesa, significa: 1. Ato ou efeito de redimir; 2. Salvação; 3. Resgate; 4. Libertação; 5. Auxilio. Portanto, podemos concluir que o Amor de Redenção é um amor que redime, salva, resgata, liberta e nos auxilia. E onde encontrar um amor que faz tudo isso? A idéia de existir um amor que faz tudo isso por uma pessoa é tão perfeita que nem parece ser real, e até mesmo possível. Mas a boa notícia é que é real, é possível e esse amor é o maior amor, é o amor em si mesmo, é o Amor, é Jesus.

Jesus é o amor da segunda chance. Ele é o amor que nos redime de uma vida cheia de erros, é o amor que nos salva da escuridão dos nossos pecados, que nos resgata da nossa solidão, que nos liberta de toda a culpa e orgulho, e que nos auxilia a perdoar e cura a nossa imensidão de feridas. Ele é o amor que traz vida, que traz cores, traz renovo. É a mão que escreve novas histórias, que permite que o vazio seja preenchido de alegria e gozo.

Ele é a graça que traz sentido à perdição. É a bondade que nos faz ser melhores, esse amor transforma o que estava morto e ressequido em mananciais de águas vivas. Ele é a beleza para toda a nossa feiura, é a nossa luz, faz com que sonhos sejam reais, que a esperança sopre em nossas faces, nos ensina a dividir, nos faz portadores de tesouros em vasos de barro.

Jesus é a redenção em nós. Ele nos ajuda a viver o melhor que pode ser vivido aqui. Jesus é Tudo, quem conhece Jesus e permite que Ele passe a viver em seu coração, não sabe mais o que é se sentir vazio. ” O apóstolo nos diz que ‘Deus é amor’. Portanto, considerando que ele seja um ser eterno, pela lógica seria uma eterna fonte de amor. Considerando que ele seja um ser autossuficiente, pela lógica seria uma fonte transbordante e inesgotável de amor. E, sendo ele um ser imutável e perene, seria também uma fonte de amor imutável e perene. Jonathan Edwards”

Jesus faz brotar a gratidão em nossos corações, somos tão amados, tão aceitos, tão redimidos, que não há como não sermos agradecidos. Não há como não desejar ser como Jesus é. Não há como não dividir o amor de redenção com as pessoas. Desejar que todos conheçam Jesus não é desejar que as pessoas se convertam à uma religião, é desejar que as pessoas conheçam e passem a viver o amor de redenção. O amor da segunda e melhor chance, o amor da restauração, o amor da união, da ternura, do carinho, da alegria, da comunhão.

Viver o amor de redenção e viver a comunidade com o Pai, o Filho e o Espírito. É saber de onde vim, pra que vim, para onde vou. É achar o sentido de todas as coisas. É encontrar o sentido, é viver e se sentir vivo, é passar pelas adversidades de mãos dadas com quem já venceu todas as adversidades. É encarar os traumas e os problemas e amadurecer, é entender que sempre poderemos dar, e ser humildes ao receber.

Viver o amor de redenção é entender que todos somos parte de algo maior, de um lindo plano de resgate, e parte de um todo que é o Reino do Amor. Isso tudo é o melhor que eu posso desejar para alguém, isso tudo é o que eu busco todos os dias para minha vida. Isso tudo é o que eu mais tenho vontade de dividir com você meu amigo.

Totalmente entregue para que Papai finalize sua obra em mim.

Feliz redenção!

Anúncios