Arquivo do mês: março 2010

Crer e Confiar

Por que quando mais precisamos ter fé, é a hora mais difícil de se ter fé????

Acho que é um desafio proposto por Deus, para nos fazer crescer e amadurecer. Deste modo, superamos barreiras, aprendemos novas coisas. Vamos além do que estamos acostumados e saímos da nossa zona de conforto. Somos forçados por nós mesmos a fazer algo, a nos movimentar, e isso é realmente fantástico!

Eu digo todas essas coisas por mim, porque tenho vivido isso em meus dias. Mas confesso, que agir na fé, é um exercício bem difícil. Porque nos exige confiança em algo que não vemos, não não podemos tocar, sentir… Fé não se sente, fé é crer:

Ora pois, a fé é a certeza daquilo que se espera; com a convicção das coisas que não se vê.” (Hb 11:1)

Difícil não, se a definição em sim já parece ser complexa, tente imaginar isso na prática. Ouso dizer que se for por forças puramente humanas, não conseguimos. Somos fracos e frágeis; desistimos muito fácil. Se não for pela graça de Deus, que nos enviou o seu Santo Espírito para nos auxiliar na compreensão da palavra (que é responsável por gerar fé em nós : Mas a fé vem pelo ouvir, e o ouvir pela palavra de Deus – Rm 10:17); como poderíamos subsistir a tantos problemas e aflições.

Mas a misericórdia de Deus é superior a todas essas coisas, e nos possibilita ter a fé. Mas confesso que amadurecer e crescer dói, e muito. Como queremos sair correndo na primeira oportunidade para que a dor passe, porque é mais fácil não sentir dor, do que sentir que alguém está mechendo na sua ferida; que retirou a casca, e está limpando para que saia todo o pus e inflamação e depois possa haver uma cicatrização verdadeira.

E pense passar todas essas coisa, em um momento que sua mente está em um campo de batalha de tantos conflitos querendo lhe afligir. Céus!!!!!

Como a vida de gente grande poderia ser mais fácil!

Mas não é, e o que conforta é saber que Jesus em seu infinito amor, estará ao nosso lado para nos ajudar nesta caminhada árdua. Eu reconheço que não sei o que seria de mim, se não fosse o amor de Jesus.
Eu não sei onde estaria, não sei em que condições eu estaria. Mas clamo a Ele que não me deixes nem um minuto, nem um dia sequer, porque se isso não for amor, o céu não é real. Tudo perde o valor, se isso não for amor!

Que o grande colo dEle, abrigue-nos neste momento,

Anúncios

Horizontes ao norte

Graças a Deus, Senhor e Rei. Que criou os céus e a terra, que me escolheu e me amou primeiro e permitiu que eu O amasse de volta… Graças a Ele porque a sua bondade, fidelidade e amor, duram para sempre!

Começo este post dando graças a Deus, porque neste momento, neste exato momento o que sinto é isso gratidão. Como Deus é bom em promover situações em que chegamos ao mais intimo desespero e angustia, e no meio do nosso horror, ao olharmos para ao lado, há dois grandes braços abertos, prontos para nos envolver e nos acolher, para que possamos ter paz e conforto no amor que preenche todo e qualquer vazio que possa existir dentro de nós.

Eu a dias atrás postei que estava me definindo em conceitos, que não sabia direito que rumo tomar e o que fazer, nem sabia na verdade o que era minha vontade e o que era desespero. A verdade é que eu não estava sabendo de nada. Estava mesmo era confusa e desnorteada. Mas ontem depois de passar um dia inteiro angustiada devido a um grande medo que tenho em minha vida, eu pude olhar para o lado e ver os braços de Jesus estendidos para mim. (Não me importo com o que isso possa parecer!)

E hoje depois de ter sido recolhida em graça e amor, meus olhos começam a vislumbrar no meu antes escuro horizonte, a Luz. E como é maravilhosa a Luz, como a Luz é linda, e eu me enchi de alegria.

Eu posso lhe dizer que o meu conceito não está finalizado, mas entendi uma coisa importante sobre ele: Até que minhas experiências terminem, ou meus dias se findem, ele não estará completo. Sempre haverá coisas a mudar e trocar. Porque graças a Deus, estou vivendo a expetacular experiencia que é viver. E se não haver uma certa “confusão” nisso tudo, então que graça há!

Sou extremamante grata pelo mais instruido Mestre que tenho, porque Ele é o autor da obra mais importante que existe neste mundo: A vida!

Sem mais o que pensar….

P.S.: A partir de hoje o nome deste blog é: Bagunça no Jardim! hahahahahahahahahahahahahahahaha


Capuccino, pensamentos e decisões

Mais uma vez eu neste santo e abençoado lugar…

Estou tomando um Capuccino, (muito ruim diga-se de passagem) e estou em um terrível dilema com a minha mente em que estou procurando não estar ansiosa quando na verdade estou ansiosa.

Que engraçado. Eu queria poder não ter que passar por certos tipos de coisas, as vezes dá uma vontade enorme de “resetar” a nossa vida e começar do zero fazendo tudo diferente. Mas então vem o Senhor e nos mostra que tudo faz parte de um plano maior, que podemos não entender no momento, mas que algum dia, o presente que será passado fará sentido. Entretanto meus caros, até que esse futuro chegue e se torne o presente, e que essas coisas enfim façam sentido precisamos passar por uma via bem estreita e dolorosa.
Por que quando precisamos não estar ansiosos, ficamos ansiosos para não estarmos mais ansiosos??? Ontem antes de dormir me peguei ansiosa, e acredite eu tinha certeza que não estava ansiosa. Mas me dei conta que estou.

Porém assumo que não sei até onde estou ansiosa e até onde estou esgotada, e até onde estou perdida. Confesso que gostaria muito de poder ir para um lugar bem tranquilo neste momento, e ficar a sós com Deus para poder me encontrar, confesso que está bem difícil.

Mas contudo, vou perseverar porque de algum modo sei que estou aqui porque me coloquei aqui, e se me propuser a sair e deixar que Deus me mostre o caminho, ai sim conseguirei dar passos em direção a um rumo diferente!

Talvez para quem leia isto não faça sentindo nenhum, mas para mim, fez todo o sentindo.

Fica para reflexão:

Não andem ansiosos por coisa alguma, mas em tudo, pela oração e súplicas, e com ação de graças, apresentem seus pedidos a Deus. E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará o coração e a mente de vocês em Cristo Jesus.”  (Filipenses 4:6-7)

Fiquemos na graça,


Construção e costume

Aqui estou novamente; fiz umas pequenas alterações no meu bloguinho… já estou começando a gostar de ser blogueira. O que começou apenas como um meio de fugir dos pensamentos que me afligiam, agora está começando a virar um hobby. Sinto saudades quando fico muito tempo sem visitar este espaço, acho que estou me familiarizando mais com o blog.

Dai a idéia de colocar costume, porque não duvido que não demora muito terei o costume de sempre postar algo aqui. Ainda não defini o conceito, até porque eu ainda estou me definindo em conceitos; também coloquei construção pelas pequenas alterações que fiz no meu bloguinho.. hehehehe gostei bem!

Mas quero ampliar e explorar mais uma abordagem que fiz ainda a pouco.. ” até porque eu ainda estou me definindo em conceitos”. Isso é a mais pura verdade, eu estou nestes últimos meses conhecendo algumas características minhas que até então me eram desconhecidas, ou talvez eu mesma ainda não havia lhes dado a devida atenção. Pode ser também que eu não havia amadurecido o suficiente para me aperceber que elas sempre estiveram comigo e nunca se evidenciaram por razão das circunstancias de minha vida, até então não terem exigido a sua presença. Mas a verdade é que tenho me olhado sobre um angulo diferente e tenho gostado do que tenho visto. E o melhor, o que não gosto estou jogando fora. Estou ficando mais segura para tomar decisões e mais madura para viver as consequências delas também.

Talvez por essa metarmofose ainda não concluída ou por indecisão, não chego em um consenso sobre o layout do meu blog, e conceito a ser aplicado nele, mas a verdade é que ele está sendo fundamental para que eu analise e reflita sobre muitas aspectos da minha vida. Para quem leu Harry Potter, ele tem para mim a mesma função da “Penseira de Dumbledore”. Aiii que delícia!

Não há como colocar uma idéia ou argumento para finalizar este post, porque ainda não conclui a minha mudança. Duvido muito que ela possa um dia estar completa, mas gosto muito de pensar que ela é um pouco sasonal e um pouco constante. Sasonal porque há épocas que as evidências dela são maiores e mais chamativas; constante porque mesmo não aparecendo, ela sempre está comigo.

Beijos a todos e fiquem na Graça daquele que não nos deixa sequer um minuto….


Sensações e Emoções

Aiiii que saudades de poder escrever neste santo lugar…. minha caixinha de desabafos….. Não só de desabafos, mas onde expresso parte dos meus pensamentos.

Nos últimos dias tenho passados por uma avalanche de sensações e emoções, e dai o título deste post. Vou do doce ao amargo, do frio ao quente, do alto ao baixo em questão se minutos. E acredite essa montanha russa de sentimentos muitas vezes acabam por exaurir as nossas forças.

E é quando mais estamos cansados, mais fatigados, que achamos o nosso descanso no Eterno. Ainda bem que tenho Jesus em minha vida, que sei que Ele é o socorro bem presente, que Ele é o meu escudo, é a minha fortaleza, e sei que nEle posso confiar. Ainda bem que sei que a sua palavra me motiva, quando não há mais motivação em mim, e que Sua mão me sustenta quando as minhas forças se vão. Porque é bem assim que sinto que os meus dias estão passando, e eu não quero que os meus dias simplesmente passem. Eu quero vivê-los em intensidade porque eu sou assim. Estou com saudades de mim, saudades de ser quem sou. Abri tanto mão de quem sou por coisas secundárias que nem percebi todas as mudanças que passei e que estou passando.

Quero apreciar o cinema sozinha novamente, apreciar ler um livro de tarde!!!!! Eu quero tempo para mim, quero estar com Deus e comigo antes de estar com qualquer outra pessoa.

Eu quero tirar fotos da planta, ou na frente da padaria, porque eu sou assim! E não quero mais ter que ser, socialmente amigavél, porque o que eu quero é viver e ser feliz!!!!!!

E quero tanto isso, que estou chegando em um ponto em que estou quase fazendo uma escolha bem diferente do que todos estão esperando, porque eu quero viver o hoje, porque o amanhã…… Eu não sei se vai chegar!